A Mentira do Tempo Útil de Jogo

69356539_723219601484396_5246586818769453056_n

Em Dezembro 2018 o Observatório de futebol (CIES) realizou um estudo sobre o tempo útil de jogo em 37 ligas europeias. Portugal surgiu no último lugar com uma média de 50,9%.

O Benfica tenta passar a ideia que o jogo de Sábado teve um tempo útil de jogo muito baixo principalmente na 2.ª parte. Na BTv, os comentadores Hélder Conduto e Rogério Matias, insistiram nessa ideia assim como bastantes adeptos benfiquistas.
Mais uma vez… mentem. O tempo útil de jogo na 1.ª parte foi de 27m23s e o da 2.ª parte foi de 27m06s perfazendo um total de 54m29s.
Contabilizando os tempos de desconto dados por Jorge Sousa, 3 na 1.ª parte e 5 na 2.ª, tivemos cerca de 56,3% tempo útil de jogo na 1.ª parte e 54,0% na 2.ª!
Portanto, o clássico teve cerca de 55,6% tempo útil de jogo.

9,2% acima da média em Portugal. Ao nível de um jogo da Liga Espanhola (55,8%) e da Liga Inglesa (56,5%).

Uma mentira dita muitas vezes não se torna verdade apesar dos benfiquistas terem uma esperança contrária.
Não só o tempo útil do clássico foi acima do normal na Liga NOS como as 2 partes foram similares.

Podem falar no tempo útil de jogo baixo, podem falar na perda de tempo, podem falar no que quiserem porque os números não mentem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s