Vit. Setúbal 0-2 F.C Porto 3 pontos e pouco mais

Tradição cumprida no Estádio do Bonfim onde o F.C. Porto não perde há 35 anos. Num jogo onde mais uma vez foi melhor o resultado do que a exibição, a equipa portista conseguiu trazer os 3 pontos para a invicta e vai ficar à espera do que vão fazer os adversários diretos tendo a certeza que irá ganhar pontos a pelo menos um deles uma vez que nesta jornada vai realizar-se um Braga – Sporting.

Todavia, foi mais uma exibição em linha com as anteriores. Sabemos que os jogos pós-champions são sempre algo pobres porque não é fácil mudar o chip mas… não foi apenas este jogo e o futuro a curto prazo não parece risonho quando não vislumbramos melhorias no futebol da equipa.

img_2580

Militão – Mais uma boa exibição do jovem Internacional Brasileiro e tenho a confiança que vai entrar muitas vezes aqui nos “cruzamentos” do Bai à Linha. Calmo e sempre bem posicionado, ganhou 6 em 7 duelos disputados, 5 em 6 duelos aéreos, 6 cortes de bola, 2 remates bloqueados e 2 interceções de bola. Além disto ainda tem uma qualidade de passe excelente e é perigoso quando sobe à área contrária nas bolas paradas.

Danilo –  3º jogo consecutivo desde que veio de lesão e nota-se a diferença para melhor principalmente na qualidade defensiva. Foi o mais esclarecido no miolo do terreno apesar de não ter feito uma exibição espetacular. Espero que estes minutos de jogo consecutivos após quase 8 meses parado não tragam dissabores a curto/médio prazo porque é essencial neste 1/2 campo.

Casillas – Além de 2 boas defesas – uma delas foi mesmo excelente a remate de Hildeberto –  foi notória a voz de comando para tranquilizar os companheiros. É um verdadeiro líder!

Mar Azul – Consistentes como sempre no apoio em massa à equipa. Excelentes!

img_2581

Herrera – O jogo 200 do capitão não podia ser tão fraco e tão inócuo. Herrera esteve longe do Bonfim – talvez noutro país – e o seu jogo foi muito abaixo do que se exige para a equipa. Correu sem sentido, perdeu bolas infantis, cometeu faltas desnecessárias e nunca foi o elo de ligação entre a defesa e o ataque. Jogo extremamente pobre do Mexicano e talvez o banco de suplentes lhe faça bem à cabeça.

Intranquilidade – Não vou falar de mais uma exibição pobre da equipa. Não vou falar do futebol muito longe dos mínimos exigíveis para um clube como o F.C. Porto. Não vou falar na incapacidade atacante da equipa. Não vou falar na quantidade de passes que se falham no último terço de terreno. Não vou falar na ausência de jogadas com inicio, meio e fim. Não vou falar na incapacidade de não deixar partir o jogo quando se está em vantagem. Não vou falar num 1/2 campo onde o melhor é um jogador que vem de uma lesão e esteve 8 meses parado. Vou apenas mencionar uma coisa que me intriga e não foi apenas este jogo, a intranquilidade da equipa. Porquê? Porquê tanta intranquilidade? Há alguma coisa a provar que seja um caso de vida ou de morte? Porque de facto a forma como a equipa se tem apresentado em campo e na forma como toca a bola sem calma e paciência parece que alguém está a apontar uma arma à cabeça dos jogadores. E pior… essa tranquilidade necessária não parece vir de quem devia que é o treinador. Apenas Casillas a tenta passar mas não chega. Nem de perto nem de longe.

setubalFCP

One thought on “Vit. Setúbal 0-2 F.C Porto 3 pontos e pouco mais

  1. Resumindo: nós desde a 2ª jornada temos andado a jogar com 9.
    Aboubakar e Herrera estão duas completas nulidades.

    Aboubakar com todo aquele físico e força, não consegue ganhar uma bola dividida, não ganha uma de cabeça, sempre escorrega na hora errada, nunca está na linha do passe ( ou está adiantado ou está atrasado), sem contar erros infantis de passe, sem contar a falta de explosão, falta de velocidade, etc… tem sido claramente menos 1 no 11.

    Herrera voltou ao normal, a exceção foi a época passada e a Copa de 2014.
    O normal de Herrera é este: lentidão, erros de passe, completamente ao lado do jogo, perdas de bola e etc… A minha suspeita é que de 4 em 4 anos Herrera joga bem regularmente. Quem viu Herrera jogar no Mundial do Brasil em 2014 ficou maravilhado, quem viu Herrera jogar este ano também. Temo que só em 2022 Herrera volte a jogar bem regularmente. Outro menos 1 no 11. É demais.

    Brahimi (ainda) não chega a ser menos 1, mas qualquer professor neca de qualquer divisão em Portugal e na Europa sabe que Brahimi vai tentar driblar quando recebe a bola. E claro que qualquer misterzinho de meia-leca mete 2 ou 3 em cima dele, rouba a bola e sai em contrataque. Até eu fazia isso.

    Também impressiona que até agora, TODOS os times que nos defrontaram CORRERAM os 90 minutos sempre em alta rotação. Nas 2ªs partes, parece que andamos de carocha e os outros de BMW. Estamos levando sufoco de qualquer chaves ou moreirense, e acabando os jogos com o credo na mão.

    Era bom que SC colocasse no balneário, na palestra, na cabeça dos jogadores que, geralmente, qualquer timeco de qualquer divisão quando joga contra nós, faz a exibição da época, correm como loucos, e acertam passes, lançamentos e contrataques de playstation. Basta 1 remate e marcam.

    A ver vamos. Abraço.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s