F.C. Porto 2-3 Vit. Guimarães Assim não vamos lá!

img_1543

Sabendo do empate no derby e com um Estádio do Dragão cheio, o F.C. Porto voltou a desperdiçar 2 golos de vantagem de forma incrível. Mas desta vez não conseguiu ganhar no final e aconteceu o impensável, derrota por 2-3 em casa num jogo com uma segunda parte miserável. Muita coisa a conversar e a rever.

img_2580

Brahimi: Não fez um jogo como já o vimos fazer várias vezes mas foi o que mais perigo criou e inaugurou o marcador com um grande golo. Saiu lesionado no inicio da 2ª parte e se a equipa estava ligada à corrente com pouca voltagem… depois da saída do Argelino, desligou! Marcou o 3º golo na época em 4 jogos.

Entrada de Óliver e Marega: Tentaram trazer outra atitude e outra dinâmica ao jogo  e conseguiram. O Espanhol conseguiu uma melhor distribuição de jogo no meio, estava muito lento e confuso, e o Maliano trouxe maior agressividade e velocidade no ataque. Tiveram ambos uma boa oportunidade para marcar, Oliver com um remate e Marega de cabeça, mas nas 2 situações permitiram a defesa do melhor jogador em campo, Douglas

img_2581

Outra vez? No Jamor na jornada anterior, tínhamos desperdiçado 2 golos de vantagem na 2ª parte mas ainda conseguimos vencer nos descontos. Desta vez, em casa, perdemos. Como é possível aquela 2ª parte? Equipa complemente desligada do jogo, pressão mal feita, jogo mastigado e sem clarividência nenhuma. Sérgio Conceição falou, no final do jogo no Jamor na falta de controlo, mas parece que ninguém o ouviu, inclusive ele próprio. Na primeira parte do jogo de ontem ainda se viu algumas boas combinações apesar do último passe sair invariavelmente mal. Na 2ª parte foi o descalabro. Faltou quase tudo. Agressividade, pressão, velocidade, concentração, calma e lucidez. Sérgio Conceição é o responsável e terá de mudar algo porque para sermos BiCampeões não será a jogar assim.

Sérgio Oliveira: Voltou a ser o Sérgio Oliveira do jogo com o Belenenses. Lento, pouco agressivo e pouco dinâmico no miolo. Fez o penalti que deu o primeiro golo ao adversário de forma perfeitamente estúpida e escusada. Fica a sensação que no terceiro golo também podia estar mais atento a Davidson em vez de levantar os braços a pedir falta.

Arbitragem: O VAR ficou sem comunicações entre o minuto 15 e o minuto 45. Foi nesse período que André Pereira fez o 2-0 em claro fora de jogo (incrível como o fiscal de linha não viu). Se querem uma liga profissional tal como apregoam de boca cheia, estas coisas não podem acontecer. Quanto ao jogo foi mais uma arbitragem medíocre de um arbitro medíocre.

FCPguimaraes

1

5 thoughts on “F.C. Porto 2-3 Vit. Guimarães Assim não vamos lá!

  1. Às vezes, não há maneiras fáceis, de dizer/escrever coisas dificeis… Ainda estou a “ressacar”, e ainda não encontrei um diagnóstico para a coisa, já tentei tudo, mas, só me ocorre este estupido mercado ainda em aberto …

    Jogamos mal, mas no Jamor jogamos bem pior. Ontem Murphy também morou no Dragão. Nos 5 minutos de desconto, 3 oportunidades mais que flagrantes, duas delas, quase na mesma jogada…

    “O VAR ficou sem comunicações entre o minuto 15 e o minuto 45. Foi nesse período que André Pereira fez o 2-0 em claro fora de jogo (incrível como o fiscal de linha não viu). Se querem uma liga profissional tal como apregoam de boca cheia, estas coisas não podem acontecer.”

    Mas que grande lição, merece uma grande “chapelada”, porém, também me revejo nessas boas práticas.

    1 abraço,

    PT

    P.S. Para Domingo, com o Moreira, não teremos Brahimi e Corona, e só vislumbro para as alas o Otavio e o Hernâni, este ultimo tinha a porta entreaberta, provavelmente irá ficar no plantel. Outro sinal da convocatória, saltou fora o Chidozie, e indicia que estará de saída. Finalmente, ainda não sabemos qual a verdadeira posição do Militão…

    Gostar

  2. “Em relação às inscrições também é conforme disse. 15 + 8 na Lista A…”

    Caro Bala Dragão,

    Vou voltar ao tema inscrições Champions (o que deixei em cima “aspado” o Bala Dragão digitou no blog do Vila Pouca na semana passada), vou deixar os 22 inscritos na Lista A, na fase a eliminar na Edição Champions 17/18 com o Liverpool, recordo que então o FC Porto só poderia inscrever 22 Atletas na Lista A, nesta presente Edição passa a inscrever 23 Atletas.

    G Redes 2 Casillas e Sá.

    Defesas 7 Ricardo, Marcano, Felipe, Telles, Maxi, Reyes e Osório.

    Médios 6 Danilo, Herrera, Sérgio Oliveira, André A, Oliver e Otávio.

    Avançados 6 Aboubakar, Braimi, Marega, Tiquinho, Gonçalo P e Waris.

    Desses 22, apenas 6 foram formados localmente e ou no Clube: Sá, Ricardo, Danilo, Sérgio O, André A, Gonçalo P.

    Desses 22, foram inscritos 16 Atletas estrangeiros, ou os inscritos livremente, daí que, dadas as restrições do FC Porto, a UEFA permitiu que o FC Porto tivesse inscrito 16 estrangeiros (e não os 15 que refere), assim como não inscreveu os 8 formados localmente (mas apenas 6).

    “Quanto às inscrições, podemos inscrever 23 jogadores sendo que 8 (não 6) desses 23 têm de ser formados localmente.” (Bala Dragão, no blog DAM)

    Naturalmente, nestas contas não entra a Lista B (essa uma Lista ilimitada e todos conhecemos as suas regras), por exemplo, em Anfield o Dalot e o Bruno Costa foram ambos titulares, e constavam da Lista B!

    1 abraço,

    PT

    P.S. Sobre os Potes do sorteio Champions, tem toda a razão, o FC Porto irá cair no Pote , e não no Pote 1, como eu erradamente digitei!

    Gostar

    1. Rectificação:

      Avançados 7 Aboubakar, Braimi, Marega, Tiquinho, Gonçalo P, Waris e Corona, omiti o mexicano no meu anterior comentário.

      Repito, pode rever, foram inscritos 16 estrangeiros, e apenas 6 Atletas Formados localmente, e não os obrigatórios 8!

      1 abraço,

      PT

      Gostar

    2. Caro PT,
      O Otávio conta como formado localmente! Jogou dos 19 aos 21 anos em Portugal. 3 épocas conforme o requisito para ser formado localmente.
      Sendo assim, na lista A da época passada, são 15 estrangeiros e 7 formados localmente.

      Não sei se por estar na alçada do FPF da UEFA, as regras sejam ligeiramente diferentes para além do número total de inscritos. Ou seja, não sei se esta época nos 23 possíveis tenha de ser 15+8 ou 16+7. Não faço ideia. De referir que dos formados localmente, metade, tem de ser no clube.
      O que mencionei foi retirado do regulamento da Champions na página 40.

      Click to access 2558279_DOWNLOAD.pdf

      Abraço

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s