Jogar na Luz nas segundas voltas do campeonato.

Assim como a maioria dos Portistas, não me passa pela cabeça outro resultado com o Aves que não seja a vitória. Também não acho que o Benfica vá perder pontos em Setúbal e o mais certo será o clássico ser jogado com as equipas separadas por 1 ponto.

Fui ver a história e procurei os clássicos Benfica – F.C. Porto apenas jogados na 2ª volta do campeonato e depois do 25 de Abril de 1974. No total foram 24 e já lá jogámos em todas as condições. Desde grande desvantagem até festejar o título sem luz, houve de tudo.

confrontos galinheiro
* Em 1995/96 a vitória passou a valer 3 pontos
  • Desde 1974/75, o F.C. Porto jogou na luz, na 2ª volta do campeonato, em 24 vezes
  • Foi campeão 14 vezes (58.3%)
  • A última derrota foi em 2005/06 com Co Adriaanse
  • Nos 24 jogos obteve 7V 8E 9D
  •  Nos 24 jogos, 9 (37.5%), jogou com desvantagem pontual e 13 (54.2%) com vantagem pontual
  • A maior desvantagem foi em 1975/76, -13 pontos, e a maior vantagem foi em 1995/96, +16 pontos
  • O F.C, Porto foi jogar à Luz em 2º lugar com o rival no 1º lugar em 6 ocasiões (25%)
  • Nesses 6 jogos obteve 3V 2E 1D e foi campeão 2 vezes (33.3%)
  • Em 5 (83.3%) desses 6 jogos, estava a liderança em jogo
  • Nos 5 jogos obteve 2V 2E 1D e foi campeão 2 vezes (40%)

11 thoughts on “Jogar na Luz nas segundas voltas do campeonato.

  1. Caro “bai à linha”,

    Creio que somos duplamente do mesmo Clube: FC Porto, e Estatísticas FC!

    No blog do Manuel Vila Pouca, já tinha dado um lamiré sobre os clássicos na Luz para o Campeonato, naturalmente, não tão profundo quanto este.

    Observando os ultimos 50 Campeonatos, e num cenário pontual/classificativo com afinidades com o actual, o FC Porto ir à Luz em desvantagem pontual (de 1 a 3 pontos), aconteceu em 3 Campeonatos: 1979, 2015 e 2017 (excluo 1982, porque quem liderava era o Sporting), curiosamente, naqueles 3 clássicos, aconteceu sempre o empate. Isto é, o padrão recente dita um empate para o clássico de 15 de Abril.

    Agora, deixo-lhe o acumulado de resultados FC Porto Benfica, no Porto e Lisboa, em partidas apenas para o Campeonato, e por décadas, irá ter algumas interessante surpresas

    Década 50:
    10 vitórias do FC Porto, 5 empates e 5 derrotas.

    Década 60:
    6 vitórias do FC Porto, 6 empates e 8 derrotas.

    Década de 70:
    6 vitórias do FC Porto, 6 empates e 8 derrotas.

    Década de 80:
    8 vitórias do FC Porto, 7 empates e 5 derrotas.

    Década de 90:
    9 vitórias do FC Porto, 6 empates e 5 derrotas.

    Década 00 (século XXI):
    9 vitórias do FC Porto, 7 empates e 4 derrotas.

    Década 10 (século XXI), apenas 15 partidas disputadas:
    7 vitórias do FC Porto, 6 empates e 2 derrotas.´

    Objectivamente, percorrendo as ultimas 7 décadas, o melhor registo de vitórias do FC Porto em clássicos com o Benfica, situa-se na década de 50, década essa em que o FC Porto apenas conquistou 2 Campeonatos Nacionais.

    Em igual período (ultimas 7 décadas), quem foi o melhor marcador do FC Porto em Clássicos para o campeonato com o Benfica? Justamente o médio Monteiro da Costa (década de 50), com 10 golos apontados ao Benfica. Curiosamente, Monteiro da Costa como Treinador interino do FC Porto, está na vitória do FC Porto na Luz na temporada 1975/76, com uma épica remontada, 2-0/2-3, golo do Ademir (o “Kelvin” no Campeonato de 1978) e um bis do Julio!

    E termino, na mesma temporada desportiva, 1970/71, o anafado Lemos assinou nas Antas um poker numa goleada por 4-0, mas na Luz na 1ª volta tinha bisado, num empate a 2 golos. Portanto, o Lemos fez na mesma temporada 6 golos no campeonato ao Benfica, um registo também ele notável, porque ninguém o repetiu!

    1 abraço,

    PT

    Liked by 1 person

    1. Caro PT,

      Excelente comentário. Sinceramente não sei qual o mais profundo uma vez que apenas fui até 1974. Muito bom!

      Contudo permita-me um reparo, além dos 3 campeonatos que mencionou, 79, 2015 e 2017, tem também o de 81 em que estávamos em 2o a 2 pontos do Benfica 1o classificado. Foi aliás a única derrota nessas condições específicas, 0-1!

      Curiosa década de 50 em que conseguimos 50% de vitórias e não perdemos em 75% dos jogos. Isto quando os campos eram muito inclinados.

      Quanto ao feito notável do Lemos, deu uma entrevista ao Porto Canal há bem pouco tempo. Boa entrevista que aconselho a ver caso não tenha visto.

      Obrigado pelo excelente comentário.

      Abraço

      Liked by 1 person

      1. Caro Bala,

        Erro assumido, e agradeço a sua rectificação, é verdade, na temporada 1980/81, o FC Porto vai à Luz à 23ª Jornada, e perde 0-1, um golo do João Alves “luvas pretas”, pertinho do intervalo 44 minutos, e liquidou as esperanças no título. Curiosamente, nessa mesma temporada, as expectativas Portistas eram muito baixas, vinhamos do Verão Quente de 1980, treinador novo, o austriaco Hermann Stessl, porém, o FC Porto até entra a ganhar na 1ª jornada em Alvalade ao Sporting (era Campeao), e fez mesmo um campeonato acima das expectativas, atinge a Final da Taça de Portugal, novamente uma final perdida com o Benfica, já é karma (só vencemos uma Taça de Portugal ao Benfica, em 1958 com Otto Bumbel, e perdemos todas as outras, até o Porto de Mourinho, Campeão Europeu).

        Essas duas temporadas de Hermann Stessl, são quase uma ilha, e, é injusto, porque o austriaco até fez duas interessantes temporadas, pelo contexto de então, foi Vice Campeão, finalista da Taça Portugal, isto em estreia, no ano seguinte, ganha uma Supertaça ao Benfica (com um tri do “baixinho” Jacques), chega aos quartos final da Taça das Taças (elimina então a Roma do Falcao, Conti e Pruzzo), e um Porto orfão de Pedroto, e sem Gomes e OIiveira, curioso, na temporada 1980/81, o Treinador/jogador Oliveira no Penafiel, com apenas 29 anos, rouba 2 pontos ao FC Porto, com 2 empates, nas Antas e Penafiel, esses 2 pontos seriam decisivos nesse campeonato!

        Bom, e porque no próximo clássico precisamos de golos, recordo os melhores marcadores do FC Porto em clássicos com o Benfica para o Campeonato , novamente por décadas:

        Década de 50: Monteiro da Costa 10 golos!
        Década de 60: Azumir 5 golos!
        Década de 70: Lemos 6 golos (no mesmo campeonato, como vimos)!
        Década de 80: Gomes 6 golos (tinha feito 2, na década anterior)!
        Década de 90: Jardel 6 golos!
        Década 00 sec XXI: Deco 3 golos!
        Década 10 sec XXI: Hulk 4 golos!

        1 abraço,

        PT

        Liked by 2 people

  2. “Observando os ultimos 50 Campeonatos, e num cenário pontual/classificativo com afinidades com o actual, o FC Porto ir à Luz em desvantagem pontual (de 1 a 3 pontos), aconteceu em 3 Campeonatos: 1979, 2015 e 2017 (excluo 1982, porque quem liderava era o Sporting), curiosamente, naqueles 3 clássicos, aconteceu sempre o empate. Isto é, o padrão recente dita um empate para o clássico de 15 de Abril.”

    Caro “Bala Dragão”,

    Omiti um outro clássico na Luz na 2ª volta, e com o FC Porto em desvantagem pontual (2 pontos de desvantagem pontual para o Benfica), e com possibilidades de o FC Porto se sagrar Campeão, temporada 1968/69:

    Jornada 25: Benfica 0 FC Porto 0, com esse empate, o FC Porto ficou com os mesmos 2 pontos de desvantagem pontual para o Benfica, se tem vencido, passaria a liderar, e com a possibilidade de ser Campeao nas Antas na ultima jornada, a 26. Quem orienta o FC Porto na Luz, já não é Pedroto, mas sim o Adjunto António Morais, alteração provocada por problemas internos que não vou aqui abordar.

    Curiosamente, esse Porto perde esse campeonato nas Antas, e numa jornada dupla caseira (antes de jogar na Luz), Jornada 23 FC Porto 0 Académica 1, e Jornada 24 FC Porto 2 U Tomar 2, isto é, se o FC Porto vence essas duas partidas nas Antas, chegaria à Luz na penultima jornada líder isolado, e com 1 ponto de vantagem sobre o Benfica! (nessas duas partidas nas Antas, não jogaram 3/4 habituais titulares, por questões disciplinares, mas do foro interno).

    Infelizmente, esse Campeonato vai provocar uma ressaca Pedroto, porquê? Porque imediatamente na temporada seguinte 1969/70, sinaliza a pior classificação de sempre do F C Porto, o 9º lugar , mas a coisa perdurou na primeira metade da década de 70, com um 5º e alguns 4os. lugares!

    1 abraço

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s